quarta-feira, 22 de junho de 2011

Com basquete, presos deixam celas por sonhos de liberdade




Itajubá e São Lourenço. Bolas de basquete nas mãos, uniformes vermelhos da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), felicidade estampada nos rostos. De cabeças erguidas, sem algemas e de pés descalços na fria Itajubá, no Sul de Minas, os detentos vivem um Sonho de Liberdade, projeto de ressocialização liderado pelo ex-jogador André Brazolin, que ensina o esporte dentro e fora do presídio.

Uma vez por mês, a atividade - em parceria com prefeituras, apoiada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) - acontece em um ginásio da cidade. A saída temporária da unidade é momento de reflexão. Preso por homicídio, Anderson Jorge Galindo, 31, não desviava o olhar pela janela do ônibus durante os dez minutos de percurso até a quadra.

"A sensação é de liberdade. A vontade é de estar trabalhando, mas temos que pagar pelo que fizemos", ressalta o detento, que deixou o local pela primeira vez em oito meses.

Seleção. O treinamento fora do presídio é uma espécie de prêmio para presos com bom comportamento. Na última quarta-feira, 13 deles, a maioria envolvida com o tráfico de drogas, deixaram a unidade. A pré-lista fica a cargo de Brazolin, que dá preferência a potenciais jogadores. Mas o aval é da psicóloga e da direção do presídio que, para evitar possíveis estratégias de fuga, só avisa os presidiários minutos antes da saída.

"A atividade diminui o ócio e proporciona uma nova oportunidade", destaca o diretor do presídio, Carlos Henrique Martins. Inaugurado há um ano e cinco meses, o presídio de Itajubá é considerado modelo no país.

Já na quadra, os detentos parecem crianças com a bola na mão. Antes, porém, um instante de oração. Aquecimento e, enfim, bola ao cesto e um coletivo exigente. "Olha o ladrão!", grita um, brincando com os demais presidiários.

"Isso é o que faz a distração para os presos. Sai um pouco daquele ambiente fechado, de terror e faz com que a gente tenha mais vontade de praticar esporte, influencia a gente a ter um objetivo maior na vida, a não ser o crime", afirma Tiago Medeiros, 27, que cumpre pena por tráfico de drogas e assalto.

Durante a atividade, os presos são vigiados pelos agentes penitenciários. A presença de parentes não é permitida. Além de Itajubá e São Lourenço, o Instituto Brazolin realiza o trabalho de ressocialização de detentos em Caxambu e Pouso Alegre, no Sul de Minas, e em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

Analogias
Ala. É o rato, aquele que tem mão rápida, corredor, velocista. No basquete, é aquele que arremessa, faz bandeja, o "cestinha", pontuador. No mundo do crime, é o praticante de furto, o popular, ladrão de galinha.
Armador. No crime, é o traficante, o ladrão de banco. Tem visão periférica. É o organizador, o estrategista. No esporte, tem o papel de disciplinador, prega o companheirismo e promove a união do grupo.
Pivô. É o forte, bom de briga. Em ações criminosas, é aquele que dirige o carro em fuga. O pivô não tem medo de nada, um franco-atirador, um camicase. Em quadra, é o reboteiro, protege o garrafão, um jogador que se mata pelo time.

Ajuda
Colaboradores. O Instituto Brazolin precisa de parceiros para manter os trabalhos sociais. Os interessados podem fazer contato pelo email: institutobrazolin@yahoo.com.br

Profissionalismo é sonho real

O que seria apenas uma atividade de ressocialização em presídios pode virar um celeiro de grandes craques. O ala-pivô Diogão, 27, é um exemplo. A dois meses de deixar a prisão, o jogador treina forte e já sonha com um time profissional.

Na última quarta-feira, Diogão recebeu a notícia de que foi convocado para a seleção de Itajubá, que disputa os Jogos do Interior de Minas Gerais (Jimi).

"Acho que tenho condições de jogar. E, desta vez, vou achar uma maneira honesta de levar a vida", avisa o detento, que cumpre pena por assalto.

O jogador de 1,90m quer seguir o exemplo de um outro colega, que deixou a prisão para jogar em um time da segunda divisão de basquete no interior do Estado de São Paulo.

As "peneiradas" de Brazolin são elogiadas também fora de Minas Gerais. "De fato, o Brazolin é um ser humano diferenciado e abraça esse trabalho com muito afinco, mudando as perspectivas destas pessoas", expressa o prefeito de Volta Redonda (RJ), Antônio Francisco Neto.

Mão de obra. Em Itajubá, a administração municipal conseguiu minimizar o preconceito da população com a inauguração do presídio na cidade colocando os presos para trabalhar. Hoje, eles atuam em várias obras da prefeitura.

O recurso desembolsado pela prefeitura é bem menor do que o pagamento de um funcionário. "O dinheiro é dividido entre a família do detento, o Estado e uma poupança para ele", explica o prefeito Jorge Renó. (TN)

Recuperados
10 presos
de 12 do 1º time de Brazolin não voltaram para a prisão

Publicado em O Tempo edição19/06/2011

terça-feira, 21 de junho de 2011

Etapa Regional dos Jogos Escolares Minas Gerais 2011

Preparem as malas, mais uma etapa regional dos jogos escolares esta chegado e só para variar um pouquinho, vai ser em Arcos. As equipes de basquete estão nos preparativos finais para viagem. Nosso município estará representado nas quatro categorias do basquetebol (masculino Mod.1 e Mod. 2 e feminino Mod.1 e Mod.2). Os jogos serão realizados nos dias 27 de junho a 2 de julho de 2011 na cidade de Arcos, e aqui no blog podemos acompanhar as chaves do basquetebol.

BASQUETE FEMININO MOD. 1

Chave A

Chave B

E.M. Adelina G. Campos - Betim

Colégio Santo Agostinho – N. Lima

E.E. Luiz de Mello Vianna – Lafaiete

E.M. José A. de Lacerda – N. Serrana

E.M. Manuel S. Oliveira - Itabirito

E.E. Tancredo de A. Neves – S. Luzia

BASQUETE MASCULINO MOD.1

Chave A

Chave B

E.E. Serafim R. Rezende – Florestal

E.E. Francisco Tiburcio – S. Luzia

Colégio Roberto Carneiro – Divinópolis

Colégio Santo Agostinho – N. Lima

E.E. Monsenhor Horta – Cons. Lafaiete

E.E. Dr. Jacinto Campos - Pompéu

E.M. Aníbal de Freitas - Mariana

Colégio Santo Agostinho – Contagem

BASQUETE FEMININO MOD.2

E.E. Monsenhor Horta – Cons. Lafaiete

E.E. Miguel Couto – Divinópolis

E.E. Amélia Santana Barbosa – Betim

E.E. Tancredo de Almeida Neves – Santa Luzia

E. M. Dom Oscar de Oliveira – Mariana

BASQUETE MASCULINO MOD.1

Chave A

Chave B

SEBRAE - Arcos

E.E. Serafim R. Rezende – Florestal

CEFET – Ouro Preto

Colégio Sant”Ana – Itaúna

E.E. Tancredo de A. Neves – S. Luzia

Colégio Santo Agostinho – N. Lima

Colégio Potência – Cons. Lafaiete

E.E. Amélia S. Barbosa – Betim

Agora vamos torcer por nossas equipes e acompanhar o resultado final aqui no blog.

sábado, 11 de junho de 2011

CHAVES DA 2ª ETAPA DO JIMI 2011.

Hoje aconteceu às 09h o sorteio das chaves para 2ª Etapa dos Jogos do Interior de Minas Gerais JIMI, que será realizada nos dias 19 a 23 de julho na cidade de Arcos. Vamos ao que nos interessa as chaves do basquetebol.

CHAVE A

CHAVE B

CHAVE C

ITAÚNA

CONS. LAFAIETE

DIVINÓPOLIS

SANTA LUZIA

BETIM

JOÃO MONLEVADE

CAETÉ

ARCOS

SETE LAGOAS

LAGOA SANTA

SABARÁ

FORMIGA



O próximo sorteio será do Jemg que acontecerá dia 19 de junho de 2011. Aqui no blog vamos acompanhar tudo.